segunda-feira, 7 de abril de 2014

Resenha > "Insurgente", de Veronica Roth





Título: Insurgente
AutoraVeronica Roth
EditoraRocco
Páginas: 511
Edição2013
Classificação: 5/5


Sinopse: Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama – e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor.


A Continuação desta distopia continua logo após o que ocorreu no último livro da serie ( que deixou muitas dúvidas, sem respostas ) fazendo as pessoas que acompanham a serie ficar louco com o que poderia ocorrer neste livro, por exemplo o que a malvada Jeanine Mathews pode fazer com os nossos personagens mais que queridos.

Muitos livros quando chegam nesta parte ( segundo livro de uma serie ) ficam chatos, pois os escritores só ficam enrolando para conseguir fazer um livro virar uma trilogia, com "Insurgente" as coisas são bem diferentes pois nesta continuação tem momentos românticos, ação, drama e até gerra ( heheheheh ). Veronica Roth só fez eu gostar mais dela e de sua escrita pois o livro me deixou do mesmo modo que "Divergente" fazendo eu não conseguir parar de ler até eu terminar ( li um atras do outro ), isso acarretou em duas noites mal dormidas ( hehehehheheh ).

Ta eu admito o começo e um pouco lendo pois os personagens estão se adaptando aos fatos que tiveram no final do outro livro . Podemos conhecer mais nítido o funcionamento das facções, como conhecemos a Amizade que era a mais menos comentada.

Este livro me deixou ao gritos em casa em partes, queria tirar meu coração pois ela palpitava muito ( vocês vão ter que ler para saber ) mas ao poucos só vamos ficando mais envoltos nesta Distopia escrita por Veronica.

Se vocês acompanham o blog perceberam que eu sei o final da trilogia ( não li mais vi spoiler ) é isso me deixou em ressaca literária por dois meses pois o final e uma BOMBA das mais bombásticas que já existiu. Mas fazer o que a escritora quis assim eu não posso mudar mais o final só posso comprar "Convergente" e terminar uma das series que eu mais gostei mais pensei em abandonar pelo seu final não imaginado.

Não esqueçam que o filme de "Divergente" sai nas telonas brasileiras dia 17 de abril.
Fui

Nenhum comentário:

Postar um comentário