sábado, 17 de maio de 2014

Resenha > "Acanãs: Aequilibrium", de Julio Rocha

Oi pessoal voltei para mas uma resenha para blog, este foi o segundo livro lido que eu comprei na Primavera do Livro de São Paulo 2014. Vejam a resenha:


TítuloAcanãs: Aequilibrium
Autora: Julio Rocha
EditoraVermelho Marinho 
Páginas: 246
Edição2011
Classificação: 3/5

Sinopse: A cidade corre o risco de ser devastada e o destino de milhões de pessoas estão nas mãos de seis jovens que descobrem possuir poderes especiais. Luana é uma estudante de Arquitetura e descendente de uma tribo cuja história é recheada de lendas sobre uma lança mágica e jovens com poderes sobrenaturais. Pedro estuda Direito e seus ancestrais eram guerreiros fortes e velozes. Luana é uma Acanã e Pedro um Aioa: dois clãs inimigos, desde que foram criados no século XIV. O destino os coloca lado a lado em uma guerra adormecida havia mais de cem anos.


Resenha:

Tudo começa quando uma trégua entre duas tribos antigas é quebrada. Tudo por causa da lança Iandé, que é um artefato mágico, responsável por deixar equilibrado as catástrofes climáticas que assolam o mundo. Ela absorve a energia destas manifestações naturais e armazena em seu interior, só que quem tiver a lança tem seu poder também ( a lança protege nós brasileiro hehehehehhe é nos pensávamos ser outra coisa ).

Para proteger a lança temos a tribo Acanãs, que é responsável em deixar esta sempre protegida e escondida de pessoas que podem usar seus poderes para bens próprios. Cada pessoa da tribo que nasce com uma estrela de seis pontas na cabeça é uma guardião pois eles tem dons que os outros não tem como manipular elementos da natureza como a água, o fogo e o ar entre outros.

Se o bem é um lado da moeda tem o outro que é o mal e neste caso a tribo inimiga é os Aioas que desde o descobrimento do Brasil tentar roubar a lança para poder enfim expulsar os invasores de suas terras. Mas quando Eduardo ( um dos Acanãs com a estrela de seis pontas ) é sequestrado por alguns Aioas a trégua que já durava cerca de 100 anos é desfeita.

Vocês devem estar querendo conhecer os seis guardiões desta geração não é? Então vamos conhecer os seus nomes: Luana, Ricardo, Léo, Cláudia, Eduardo e Bruno ( cada um possui um dom diferente ). Depois do sequestro eles se juntam a Pedro que é um Aioas que quer ajudar eles para o Rio de Janeiro não vir a virar escombros.

Não posso deixar de falar que Pedro se apaixona por Luna na minuto que eles se encontram, mas também não posso deixar de falar que Ricardo também gosta dela só que seu namorado até o momento é Eduardo ( vida complicada a desta menina ). Ela assume as rédeas do grupo virando assim a líder é pessoa mais importante na historia.

Como eu já falei ai em cima o livro é ambientado no Rio de Janeiro de uma forma diferente da do outro livro brasileiro que li este mês e já tem resenha no blog. O autor faz um ótimo trabalho neste livro pois os Flashbacks que ele vai colocando ao longo das páginas só vai acrescentando mais  aventura, romance é etc.

O livro e muito bom e super rápido de se terminar mais confesso que não gostei de algumas atitudes que o autor teve com alguns personagens que me fizeram dar 3 estrelas a ele ( não sei sé é porque leio muito livros dos Estado Unidos fiquei acostumado a sua escrita ), mas tirando isso super recomendo a leitura a todos que pretendem começar a ler algo fácil é envolvente. 

Ps: Venho mais uma vez reclamar que o livro parece que era para ser uma trilogia só que não foram lançados os outros livros desta, fazendo assim eu ficar super curioso para saber o que vai acontecer com eles.


Espero que tenham gostado
Fui

Nenhum comentário:

Postar um comentário